Uso e Cuidados com Esmerilhadeira

Uso e Cuidados com  Esmerilhadeira

 

Uso de Lixadeira ou Esmerilhadeira

 

As lixadeiras ou esmerilhadeiras são equipamentos portáteis destinados ao corte e desbaste de peças. As rotações mais elevadas vão de 8000 a 14000 rpm.

No treinamento o operador deve adquirir informações sobre a construção (características técnicas) do equipamento e desenvolver habilidade no uso do mesmo.

Os serviços com o uso de esmerilhadeiras devem se protegidos com biombos, tapume ou cabana de lona incombustível para evitar a projeção de fagulhas que podem alcançar um raio de quatro metros, ou até fagulhas que venham atingir pessoas.

A esmerilhadeira deve ser inspecionada regularmente por pessoa qualificada.

O cabo elétrico não pode ter emendas nem sinais de defeito ou desgaste da parte isolante e deve estar disposto em local protegido de abrasão, alta temperatura e área de circulação e possuir plug industrial.

A máquina deve possuir em sua carcaça informação sobre a voltagem e a rotação. Estas informações têm que estar preservadas e em local visível, isto evita que ela seja ligada em voltagem inadequada e que se use um disco com capacidade de rotação menor que a rotação alcançada pela esmerilhadeira.



No acidente com esmerilhadeira, quase que em sua totalidade, quem provoca a lesão e o disco.Isso mostra que o cuidado com essa peça tem que ser muito grande.

Vamos aos cuidados com o disco:

O primeiro passo é escolher o disco correto

O disco é especificado para determinada rotação. No caso, a capacidade de rotação do disco, que vem impressa no mesmo, tem que ser superior a rotação da esmerilhadeira. Caso contrário, ele não vai suportar e vai se romper. Esse é um item importantíssimo e o usuário deve ter esse conhecimento.

Os discos são específicados:

- Para Corte: Espessura menor ou;
- Para Desbaste: Espessura maior.
- O disco também é específicado para o tipo de material:
AÇO CARBONO; AÇO INOX , ETC.

Isto tem que ser observado pois além do risco de ruptura de disco usar em materiais diferentes contamina as peças acelerando processos de oxidação.

Sua fixação na esmerilhadeira também é muito importante.

-Tem que ser usada a chave apropriada. Usar outra ferramenta danifica a peça de fixação de esmerilhadeira além de fragilizar o disco.

-O diâmetro interno do disco tem que ser compatível com o eixo da esmerilhadeira. Se for menor não entra e se for maior o disco fica fora de centro;

-Não pode haver ferrugem no anel metálico do orifício de fixação do disco, trincas e desgaste na fibra lateral, tem também que estar no prazo de validade.

Discos não podem ficar espalhados sobre bancadas ou outros locais (mesmo os que estão sendo utilizados), nesta condições estão expostos a avaria mecânica ou outras avarias que causam a sua fragilização. Guardar em local adequado.

Local de Trabalho

As bancadas devem ter entre 1,0 e 1,1 metro de altura, para oferecer conforto e segurança.

A esmerilhadeira deve repousar sobre a bancada ou qualquer superfície, com o disco voltado para cima sem contato com peças ou pessoas para evitar acidente se for ligada indevidamente. A posição da foto acima provoca fragilização ou avaria do disco.

Ângulo de Utilização:

Executando um corte:
- O disco tem que estar a um ângulo de 90º em relação a peça.

Executando um desbaste:
- O ângulo do disco varia entre 30 e 45º.

CUIDADOS BÁSICOS:
- Cuidado com o comprimento da haste fora do rebolo.
- Certique-se de que a peça a ser esmerilhada esteja posicionada e bem fixa.
- È de fundamental importância que a máquina esteja em perfeitas condições de uso, caso contrário chame a manutenção. ( Não tente consertá-la ).
- A rotação ( RPM ) da máquina deve estar indicada na mesma, para que seja usado um rebolo ou disco compatível com sua velocidade.
- NUNCA; Use rebolo ou disco numa velocidade superior à aquela especificada em seu rótulo.
- NUNCA; Aperte demasiadamente a porca de fixação do rebolo, pois normalmente ele é auto-atarrachante.
- Verifique se os flanges são de diâmetros iguais, se estão com a face de contato limpa, plana e perpendicular ao eixo porta rebolo.
- NUNCA; Trabalhe com a máquina, sem que a capa protetora esteja devidamente posicionada e fixada (Protegendo o operador).
- NUNCA; Fique em frente ao rebolo, no primeiro instante que ligar a máquina.
- NUNCA; Utilize disco de corte para desbastar lateralmente,
- NUNCA; Utilize Lixadeiras como ferramenta de afiação.
- NUNCA; Force demasiadamente o rebolo ou disco de modo que haja travamento da peça.
- NUNCA; Bata com o rebolo na peça durante a operação.
- Caso o equipamento ( esmerilhadeira ou rebolo ) caia no chão, troque imediatamente o rebolo, ele pode estar trincado.
- NUNCA; Efetue a troca do abrasivo antes de desplugar o cabo no conversor/tomada.
- NUNCA; Utilize rebolos já montados/utilizados anteriormente, sem executar todos os testes como os realizados em rebolos novos.
- SEMPRE; Verificar o estado de conservação do anel de borracha, a cada rebolo que for montado.
- SEMPRE; Faça o teste de som no rebolo, assim como observar o prazo de validade do mesmo antes de montá-lo na máquina.
- SEMPRE; Deixe que o rebolo montado pela primeira vez, gire livremente por um minuto, antes de usá-lo.
- SEMPRE; Verificar as flanges de fixação dos abrasivos
- SEMPRE; Use a capa protetora cobrindo pelo menos metade do rebolo. se não estiver em condições, deverá ser substituída imediatamente. Caso haja necessidade de diminuição ou alteração da configuração original, a chefia deverá analisar / aprovar, tal alteração, retornando imediatamente após o uso à configuração original..
- SEMPRE; Que for plugar o cabo no conversor, CERTIFIQUE-SE antes se a chave da máquina está desligada.
- SEMPRE; Use a chave adequada para apertar ou desapertar o rebolo ou disco.
- Periodicamente deve se fazer um check-up na rotação do eixo da máquina para garantir se o RPM não está acima da máxima permitida.